Centro de explicações VS Explicador particular

Curso de Fotografia
Curso de Introdução à Fotografia
2015-09-29
Exames Nacionais do 4º ano
Exames Nacionais do 4º ano
2015-12-02
Mostrar Todos

Centro de explicações VS Explicador particular

Centro de explicações VS Explicador particular
Centro de explicações VS Explicador particular

Autoria: Francisco Nunes
Revisão: Tiago Morgado

Apesar de oferecerem serviços na mesma área, os centros de explicações não são nem podem ser nunca considerados concorrentes dos explicadores particulares. São serviços bastante distintos, apesar de terem um público-alvo semelhante.

Tendo já acumulado experiência em ambos os lados, sinto-me em condições de fazer uma análise mais ou menos objetiva dos prós e contras apresentados por cada uma das soluções.

O PREÇO

Invariavelmente, os explicadores particulares conseguem sempre apresentar preços mais acessíveis que os centros. Na maior parte das vezes não existe uma renda para pagar, o que faz com que o explicador particular consiga apresentar preços consideravelmente inferiores já que não possui encargos fixos.

Outro fator condicionante é o IVA cobrado pela maioria dos centros de explicações do qual os explicadores particulares (os poucos que emitem recibos sobre o serviço prestado) estão isentos.

A OFERTA

Se por um lado o explicador particular consegue oferecer um preço mais baixo, por outro é-lhe praticamente impossível competir com a oferta dos centros, nomeadamente, explicações multidisciplinares individuais ou de grupo, no centro ou ao domicílio, preparação para exames, salas de estudo, ATL, campos de férias, acesso a computadores e tablets, cursos de formação, cursos de línguas e parcerias com outras marcas/empresas.

Estes são só alguns dos serviços de que me consigo lembrar em apenas 5 minutos. É impossível uma só pessoa ter uma oferta tão diversificada como os centros de explicações e formação possuem.

O HORÁRIO E O ESPAÇO

Nestes aspetos os centros de explicação têm claramente vantagem, oferecendo uma disponibilidade quase total, enquanto os explicadores particulares têm horário muito mais limitado (geralmente por acumularem outras atividades com as explicações).

Em termos de espaço, usualmente os centros de explicações são adaptados ao serviço em questão, num ambiente quase escolar. Em oposição, os explicadores particulares muitas vezes acabam por dar as explicações na própria casa, no quarto ou na sala quando não têm um escritório adequado/disponível.

O RESULTADO

Quanto aos resultados, diria que há casos e casos, sendo praticamente impossível afirmar com certezas que um ou outro apresentam melhores resultados. No entanto, parece-me sensato afirmar que é normal que um centro se preocupe mais com a sua imagem e reputação do que um explicador particular.

Hoje em dia, num mundo cada vez mais ligado através das redes sociais, os consumidores insatisfeitos podem com relativa facilidade denegrir a imagem de uma empresa através de publicidade negativa. Assim, pode-se afirmar que os centros de explicações estão cada vez mais preocupados com os resultados e a satisfação dos clientes.

Além de que não é uma pessoa apenas a preocupar-se: é o explicador, o diretor do centro, o tesoureiro, o diretor de marketing, etc. Explicadores e alunos são avaliados de uma forma quase constante em busca de cada vez melhores resultados.

A PERSONALIZAÇÃO

Nos centros de explicações, apesar de um maior número de clientes face aos explicadores particulares, cada professor é geralmente responsável por 3 ou 4 alunos, podendo dar-lhes toda a atenção e adequar as suas exposições ao ritmo de cada um deles.

Além disso, e dando aqui o exemplo do Keep It Simple, fazemos sempre questão de ter um acompanhamento personalizado dos alunos, tanto da parte dos explicadores como da parte dos diretores.

Tentamos procurar o explicador mais adequado para “aquele aluno”. Sabemos tudo sobre cada um dos nossos alunos, acompanhamos a sua evolução e procuramos personalizar as suas aulas em função das suas necessidades.

Tendo em conta os aspetos referidos, pode-se afirmar que os serviços apresentados pelos centros de explicações e pelos explicadores particulares são claramente distintos e que decidir entre uma ou outra opção exclusivamente com base no preço do serviço é completamente errado.

Os prós e contras devem ser muito bem analisados para que se opte pela melhor opção. Afinal de contas, é da educação dos nossos filhos que estamos a falar.